Data

A paz do Senhor Jesus Cristo. Hoje é

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Sem visão

"E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura."
Marcos 16 v.15
Estava no trânsito e para passar o tempo contava as igrejas que estavam pelo meu caminho e observei que eram muitas, muitas mesmo; umas eram grandes, até mesmo grandiosas por assim dizer e muitas e digo muitas com bastante ênfase eram pequenas, mas tão pequenas que devem comportar  no máximo umas vinte ou no máximo trinta pessoas. Ouvi muito no início de minha vida ministerial as expressões: "igreja do pé quebrado", "casa de rebeldes", "igrejinha" entre outras que se eu fosse aqui relatar seria censurado. Mas, já naquela época  me perguntava: Será isso mesmo? Hoje bem mais maduro chego a conclusão que, é claro, tudo acontece com a permissão de Deus e que nada nem homem, nem ministério, nem denominação vão impedir o plano de Deus e de que o evangelho seja pregado a toda a criatura e que se os "grandes ministérios", "as grandes denominações" pararem de evangelizar, de levar a palvra, de buscar as almas perdidas; Deus vai abrir novas portas e estas portas (pequenas, é verdade) se abrem para que o IDE seja cumprido, pois quando muitos líderes raciocinam com a ideia medíocre de não precisam de mais membros, não precisam enviar missionários, não precisam crescer, o inimigo entra no território e dou glórias a  Deus que não tem permitido que seja esta a situação; volto a repetir que nem homem, nem ministério, nem denominação vão impedir que a obra seja feita. O que dizer então dos "pescadores de aquário" aqueles que não saem ao campo e ainda querem buscar ou pescar em outras igrejas homens, mulheres e até famílias inteiras para seu rebanho, já que não querem ter o trabalho de alcançar as almas, dispicular as almas, orientar, regar e ver crescer na graça e no conhecimento de Deus através de sua Palavra. Em ambos os casos Deus tem como sempre prevalecido e glorifiquemos e exlatemos ao seu nome quando contemplamos nestas "igrejinhas" vidas se rendendo ao Senhor. Cabe aos ditos "Grandes Ministérios" terem sua visão repensada em relação à obra de Deus, será que não vai ter lugar? (João 14 v.2). Sei que muito destes homens e mulheres destas "igrejinhas" podem não ter um verdadeiro compromisso com Deus em sua totalidade, porém como disse Paulo o evangelho está sendo pregado (Filipenses 1 v.18). Ministro cursos de Serviço Ministerial em muitas igrejas e tenho visto que alguns obreiros são consagrados sem preparo e penso que se hoje é assim e que  antes também era pois, temos muitos líderes "sem visão" de crescimento sem preparo para fazer a obra, tem o pensamento voltado apenas para sua igreja e seus membros, não se importando com os que estão de fora antes os julgam incapazes de mudar e argumentam até que não podemos estar jogando nossas pérolas aos porcos (Mateus 7 v.6) usando, fora do contexto ressalto, a palavra do Senhor para se omitir de sua real obrigação.
Que o amor de Deus que excede todo o nosso entendimento seja com todos vós.
Pb. Marcelo Miranda Cavalcanti.