Data

A paz do Senhor Jesus Cristo. Hoje é

quarta-feira, 28 de março de 2012

Águas passadas não movem moinhos.

"Porque serei misericordioso para com suas iniqüidades, E de seus pecados e de suas prevaricações não me lembrarei mais" Hebreus 8 v.12

O ditado popular diz que águas passadas não movem moinhos e com certeza não movem  mesmo. Quando aceitamos Jesus Cristo como único e suficiente salvador de nossas vidas o passado fica para trás e não pode e nem deve mais impulsionar ou influenciar nossa vida no presente (2 Coríntios 5 v.17). Não importa para o Senhor Jesus Cristo o que você fazia anteriormente, o quanto você estava preso ao pecado, ele não se lembrará mais (Isaías 43 v.25). Você não pode ficar se acusando ou sofrendo com o passado, mesmo que tenha sofrido muito ou feito muita coisa errada, pode até  ter doído, mas ficou para trás e mesmo que tenha  deixado cicatrizes não pode te perseguir hoje e você também não poide se minimizar ou achar que Deus vai olhar para você de um modo diferente ou que suas orações demorarão mais a serem respondidas por causa do seu passado. O que passou passou e não vai mais mover o moinho de sua vida. O mal do passado já bastou por si só, o que acontecia antes, quando estávamos no mundo nos prejudicava diante de Deus, mas agora serve como testemunho ("Porque é bastante que no tempo passado da vida fizéssemos a vontade dos gentios, andando em dissoluções, concupiscências, borrachices, glutonarias, bebedices e abomináveis idolatrias" - 1Pedro 4 v.3). As lembranças devem ser usadas sim como motivo de comparação e não de humilhação, é bem sabido que hoje em dia a grande maioria dos servos de Deus não nasceram em "berço cristão" e sim eram gentios, ou seja, vieram do mundo; imagine então se Deus só usasse os "pratas da casa", certamente poucos estariam hoje em nossas igrejas, mas aprouve a Deus estender o evangelho a todos e lembrar que não devemos considerar as coisas antigas (Isaías 43 v.18). Além disso a nossa maior virtude é ser uma nova criatura, nada é mais importante (Galátas 6 v.15), vivendo hoje em novidade de vida perante Deus e perante os homens (Romanos 6 v.4). O que tem faltado a muitos novos convertidos é o apoio ministerial no sentido de fortalecê-los na palavra de Deus, fazê-los entender que o que se foi se foi, o que passou passou e não deve voltar mais em momento algum; nada de ressentimenos, falta de perdão, mágoas, medo, entre outros "fantasmas do passado". Por isso muitos tem sido chamados para a obra, mas tem se limitado a fazer em sua plenitude  pois o seu passado as "condenam", se perguntam como podem fazer a obra de Deus (João 6 v.28). Hoje não servimos mais ao pecado, mas a Deus; as águas passadas (atitudes, gestos, decisões, pensamentos) passaram, não podemos mais nos servir desta água para mover o moinho de nossas vidas (Romanos 6 v.6). Amados, se o Senhor não se lembra mais de nossos pecados, não lembremos mais de nossas iniquidades, a não ser para não mais as praticar, e prossigamos para o alvo ("Alcançando o fim da vossa fé, a salvação das vossas almas."1 Pedro 1 v.9). Sempre que o passado vier te "assombrar" repreenda em nome de Jesus Cristo e prossiga no presente buscando alcançar o que nos foi prometido para o futuro. Que o amor de Deus que excede todo o nosso entendimento seja derramado sobre a sua vida e de sua família em nome de Jesus Cristo. Amém!