Data

A paz do Senhor Jesus Cristo. Hoje é

terça-feira, 8 de maio de 2012

Não declares que as estrelas estão mortas só porque o céu está nublado.

"Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria?" Números 23 v.19

O título deste texto é um provérbio (ditado) árabe que se encaixa na vida, na situação de muitos. A comparação do céu nublado com a vida conturbada, com a falta de perspectiva, o triste pensamento de que as promessas de Deus não vão se cumprir é muito usada e se pararmos para pensar faz até um certo sentido (comparativo), mas também podemos usar a segunda parte do ditado para entendermos que isso não significa que as estrelas se apagaram (morreram) e muito menos de que Deus não cumprirá com suas promessas. O Deus da promessa, sim o nosso Deus, nunca deixou de cumprir sua palavra. Muitos de nós imaginamos que Deus se esquece ou o que é muito pior: tentamos dizer a Deus como fazer, quando queremos que elas se realizem. Ressalto que isso vai contra a palavra de Deus que nos orienta a não nos precipitarmos com nossas palavras (Eclesiastes 5 v.2). 



 

Se o céu sobre sua cabeça hoje está nublado, isso pode significar que se você esperar mais um pouco a bênção vai chegar, a promessa vai se cumprir e que além do mais você sabe se Deus está testando sua paciência,sua obediência, sua submissão, sua perseverança? Não seja negligente, observe como Deus age em sua vida  (Hebreus 6 v.12). Não importa quanto tempo o céu está nublado, entenda que as estrelas sempre estarão lá. As nuvens passarão e você as verá, lindas, reluzentes, verdadeiras obras-primas de Deus, ou seja, suas promessas estão aguardando para serem cumpridas. Assim como as estrelas permanecem indiferentes às nuvens, pois caso você não saiba as estrelas estão muito mais altas, mas muito mais altas mesmo do que as nuvens. Encaixo aqui a passagem na qual Deus declara que seus caminhos e seus pensamentos são mais altos do que os nossos (Isaías 55 v.9). Lembro ainda algo maravilhoso e que tem também muito a ver com temor do Senhor: confiar nele! Quando o salmista diz para entregarmos o nosso caminho ao Senhor e confiarmos nEle (Salmos 37 v.5), a verdade prática é que devemos acreditar em Deus não importando as circunstâncias (não importa o quanto esteja nublado o céu), temos que confiar que Deus cumprirá suas promessas, o segredo é confiar, é saber descansar em Deus. Imagine se certo dia você acorda com o céu todo nublado e uma chuva constante, pode ser que a chuva continue por algum tempo, alguns dias, mas certamente um dia cessará. Mas Deus pode se arrepender e não cumprir mais sua promessa em nossas vidas? Bom vou analisar duas fatores: 
1) As promessas atrasam ou levam mais tempo para se cumprir por nossa causa, isso é um fato comprovado, basta você mesmo lembrar que alguma vez aconteceu assim com você; e
2) As promessas de Deus são para seus filhos, se hoje você está na presença de Deus, dê glórias a Deus e aguarde a vitória, mas se estás afastado ou ainda se relutas em voltar, infelizmente podem até não acontecer, mas não porque Deus se arrependeu, mais porque você mesmo não quer mais.
Lembro que diferente de alguns, nós não pagamos promessas a falsos deuses, pois sabemos que as promessas são de Deus (2 Coríntios 1 v.20 ), provêm dele e que a única coisa que o Senhor requer de nós como retribuição e agradecimento é estarmos em sua presença e sempre que possível testemunharmos das bençãos e vitórias advindas das promessas de Deus cumpridas em nossas vidas. Guarde em seu coração: fiel é o que prometeu (Hebreus 10 v.23). Que o amor de Deus que excede todo o nosso entendimento seja derramado sobre a sua vida e de sua família em nome de Jesus Cristo. Amém!