Data

A paz do Senhor Jesus Cristo. Hoje é

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Em Espírito sempre, mas de verdade!

"Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito." Gálatas 5 v.25

Bom para começo de conversa o andar no Espírito deve ser observado diariamente e diuturnamente, ou seja, não posso dizer que ando no Espírito apenas nos dias de culto ou ainda somente no horário do culto. Devemos ter em mente que este andar no Espírito requer que levemos todo o nosso pensamento cativo a Deus (2 Coríntios 10 v.5), palavras e ações também devem ser direcionadas pelo Senhor. Gosto de peceber que passo o dia conversando com Deus, seja em agradecimento ou petições isso quando não louvo a Deus em pensamentos melodiosos. Quem anda no Espírito demosntar os frutos do Espírito  que são: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão e temperança (domínio próprio) (Gálatas 5 vv. 22-23). Não preciso ressaltar que os filhos de Deus são guiados pelo Espírito de Deus (Romanos 8 v.14) em todo o tempo, em todas as atitudes, em todas as decisões, sempre!Posso resumir esta ideia de andar no Espírito como ser liderado pelo Espírito do Santo. Quando Paulo disse: "Andai no Espírito e jamais satisfareis a concupisciência da carne" (Gálatas 5 v.16) esta demonstarndo uma grande e poderosa armadura contra as ciladas e armadilhas do inimigo. Andar no Espírito nos mantêm vigilantes o tempo todo e sobre todas as coisas, afinal é permitir que o Espírito Santo relaiza em nossas vidas aquilo que Deus o enviou para realizar. Ele foi enviado para estar "sempre" conosco. Muitos se satisfazem com pouco do muito que o Espírito Santo tem para nos oferecer fazer em nossas vidas. A  propósito muitos dizem que "andam no Espírito" simplesmente por que falam em línguas estranhas, devem pensar: se falo e oro em línguas estranhas logo ando com o Espírito! Não é bem assim afinal os dons são vários, mas o Espírito é um só e repito se não apresento os frutos do Espírito, não ando e muito mesmo não estou com o Espírito Santo conduzindo minha vida.  Vou concluir com os frutos do Espírito para que você mesmo analise e compare com suas atitudes e diga ao final se realmente está vivendo e andando no Espírito, pode conferir em Galátas 5 vv. 22-23:

1º Amor-É o amor puro, desprendido, sacrificial, que Deus mostra para conosco. A única maneira de aprendermos este amor é olhando para seu exemplo. (1 João 4 vv. 7-12). Sabemos, seguindo o exemplo de Deus, como amar. Este amor sempre procura o melhor para aqueles que são amados. Deus procurou o melhor para nós quando deu seu único Filho. O esposo que ama sua esposa procura cuidar dela e protegê-la, até ao ponto de sacrificar sua vida para salvá-la (Efésios 5 v.25). O discípulo que ama Cristo obedece a tudo que o Senhor ordenou (João 14 v.15). Com certez absoluta posso dizer que não há maior desafio nas escrituras do que amar como Deus ama. Em contraste com as paixões da carne, vazias e passageiras, este amor é eterno (1 Coríntios 13 v.13).
2ºAlegria - Este é o privilégio de regozijar em Jesus Cristo, apreciando as maravilhosas bênçãos de nossa relação com ele. Esta alegria não é dependente de nossas circunstâncias físicas. Dinheiro não compra esta alegria. O livro de Filipenses que fala mais claramente sobre alegria foi escrito por um homem que sofreu muito. Enquanto ele estava na prisão, onde às vezes lhe faltava o essencial, Paulo escreveu a seus irmãos em Filipos: "alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo: alegrai-vos" (Filipenses 4 v.4 ). Muitos pensam que esta felicidade depende das circunstâncias. Hoje em dia muitas igrejas falam tanto, mais tanto de saúde física e bênçãos materiais que dão a impressão de que essas coisas são necessárias à felicidade.  Os verdadeiros cristãos não consideram cada provação e dificuldade como um sinal de infidelidade ao Senhor, mas percebem que tais provações são ocasiões para alegria e oportunidades para crescimento espiritual (Tiago 1 vv. 2-4). Nossa alegria vem de Jesus Cristo, que é totalmente suficiente, não da temporária prosperidade material.
3º Paz - É a sensação de bem-estar e tranqüilidade que resulta de nossa amizade com Deus. Numa de suas horas mais difíceis, Jesus Cristo falou com seus apóstolos a respeito de sua partida. Ele tinha que ir embora, para completar sua missão. Mas o próprio pensamento desta partida afligia profundamente os apóstolos. Nesse contexto, ele lhes deu esta segurança: "Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize" (João 14 v.27). Jesus Cristo não está mais fisicamente presente neste mundo, contudo nos deixou a sua paz!
4º Longanimidade -  É a capacidade de pensar antes de agir. Deste modo, demonstramos paciência e perseverança. Por causa da sua longanimidade, Deus tem dado tempo suficiente ao homem para se arrepender de seus pecados (2 Pedro 3 vv. 9,15). Deus não quer condenar ninguém, então procura a reconciliação com cada pecador. Paulo nos diz que a mesma atitude deveria governar nossas relações com nossos irmãos (Efésios 4 v.2). Em vez de escapar com raiva ou agir imprudentemente para machucar aquele que nos machucou, deveríamos pacientemente mostrar o nosso amor e procurar reconciliar com essa pessoa. 
5º Benignidade - É a bondade de Deus, que é melhor ilustrada por suas ações para nos salvar quando estávamos profundamente enterrados no pecado. o Apósto Paulo mostra este ponto em Tito 3 vv. 3-7. Deus nos viu em pecado, como escravos de todo tipo de desejo ruim e totalmente incapazes de nos salvarmos. Por causa de sua benignidade e amor, ele nos abençoou ricamente através de seu Filho Jesus Cristo e do Espírito Santo e resgatou-nos do pecado. Agora, em vez de sermos escravos, somos herdeiros, com uma esperança de vida eterna, glória a Deus! É desta forma que Deus mostra benignidade. 
6º Bondade - É semelhante a benignidade. Esta palavra ressalta a generosidade em dar mais do que alguém merece. É a palavra que Jesus Cristo usou para descrever o homem que pagou ao seu empregado mais do que seu trabalho realmente valia (Mateus 20 v.15). Os servos de Deus não devem ser pessoas avarentas, tão preocupadas com o que é "certo" que perdem a capacidade de ser generosas e de dar mais do que uma pessoa realmente merece. Deus é generoso para conosco. Devemos ser generosos para com outros.
7º Fidelidade - É a lealdade que mantém sua palavra, cumpre suas promessas e não trai os outros. É o ser leal a todo o custo. Empregados devem mostrar esta qualidade em seu trabalho (Tito 2 v.10). Aqueles que ensinam o evangelho têm que mostrar fidelidade em seu uso da palavra, percebendo que serão julgados por Deus (2 Timóteo 2 v.2,1 Coríntios 4 vv.1-4).
8º Mansidão - É algumas vezes confundida com fraqueza e timidez, mas esta qualidade nunca é fraca. Mansidão, ou brandura, éo domínio da  força. Moisés e Jesus Cristo eram mansos, contudo mostravam força para enfrentar as autoridades poderosas de seu tempo e condenar claramente seus pecados. O servo de Deus tem que mostrar sua sabedoria com mansidão (Tiago 3 v.13). Esta é a atitude da submissão humilde, dominada, com a qual temos que estudar a Bíblia (Tiago 1 v.21). Esta é  a atitude que os seguidores de Jesus Cristo têm que mostrar quando resgatam um irmão que recaiu no pecado (Gálatas 6 v.1; 2 Timóteo 2 v.25).
9º Temperança (Domínio próprio) - Capacidade de governar nossos próprios desejos, ter domínio próprio. Diferente da pessoa que anda na carne, como um escravo de paixões pecaminosas, o servo do Senhor deve mostrar o domínio próprio (2 Pedro 1 v.6). Esta característica nos capacita a negar nossos desejos carnais. A pessoa que aprende a se dominar é capaz de vencer os vícios e maus hábitos que governam as vidas de muitas pessoas que continuam a andar na carne.
Leia e medite, avalie suas atitudes e reações e "Viva e ande no Espírito Santo!" verdadeiramente. Que o amor de Deus que excede todo o nosso entendimento seja derramado sobre a sua vida e de sua família em nome de Jesus Cristo. Amém! 
Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito.
Gálatas 5:25Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito. Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito. Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito. Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito.mnvmnvmncSe vivemos em Espírito, andemos também em Espírito.