Data

A paz do Senhor Jesus Cristo. Hoje é

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Disfarçados de servos de Deus , lobos em pele de cordeiro com certeza!


Já por carta vos tenho escrito, que não vos associeis com os que se prostituem; Isto não quer dizer absolutamente com os devassos deste mundo, ou com os avarentos, ou com os roubadores, ou com os idólatras; porque então vos seria necessário sair do mundo. Mas agora vos escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com o tal nem ainda comais. Porque, que tenho eu em julgar também os que estão de fora? Não julgais vós os que estão dentro? Mas Deus julga os que estão de fora. Tirai, pois, dentre vós a esse iníquo”. 1 Coríntios 5 vv. 9-13

É com tristeza que  observo que estamos vivenciando um tempo em que o evangelho tem sido tratado apenas como uma conduta social, um estilo de vida, uma ocupação. Quero deixa claro, como sempre, que não falo da maioria e sim, graças a Deus por isso, de uma minoria. Porém esta minoria é fermento e fermento capaz de fazer levedar toda a massa (a igreja). Bom,  Paulo escreveu em sua primeira carta aos Coríntios,  no capítulo 5, versículo seis: “Não sabeis que um pouco de fermento faz levedar toda a massa?”. Não sou eu que estou dizendo foi o próprio apóstolo quem disse isso a muito tempo atrás como se falasse de hoje. É verdade também que não podemos nos privar de todas as pessoas e também não podemos e nem devemos impedir de que o fermento entre na igreja. Nestes meus 15 anos de ministério tenho visto e combatido muito destes "lobos em pele de cordeiro" disfarçados de servos de Deus. Relembro que não tem como evitar que eles entrem, mas quando são detectados devem ser combatidos, mas atenção: nossa luta não é contra a carne e o sangue, que isso fique bem claro! 


 

Bom, é óbvio o que Paulo quis dizer ao escrever o texto acima. Não há como se interpretar esse texto, de outra maneira a não ser a de que não devemos nos misturar ou ainda certamente não compactuar. Verdadeiramente não conseguiríamos nos privar de todo mundo, sem nos relacionar com os ímpios. Todavia, isso não implica dizer que devemos compactuar ou sermos coniventes com o pecado. Tenho certeza que você conhece, afinal Deus não se deixa escarnecer (Gálatas 6 v.7), os "disfarçados" em sua igreja. Hoje em dia tem estado na moda tudo o que é "gospel" inclusive ser "crente", ou seja, estar na igreja como uma conduta social que nada mais é do que participar de uma comunidade ou grupo na sociedade em que vive visando deste grupo algum tipo de proteção ou benefício, seja a longo, curto ou médio prazo, trazendo algum tipo de benefício já está de bom tamanho. Neste contexto podemos dizer que ser "crente" é também um estilo de vida, afinal basta frequentar uma igreja (sendo membro ou novo convertido para sempre), participando ou não de um grupo de louvor (preferencialmente participando para logo ter uma posição de destaque), ler a Bíblia e aproveitar tudo o que lhe for agradável (o que te condena pode ser esquecido), isso é estilo de vida, tipo estilo "crente", estlo gospel. 
A última categoria (última deste texto, com certeza existem outras tantas) é a da ocupação, entendamos esta ocupação como uma trabalho, trabalho que muitas vezes tem que ser remunerado (premenda). Sei muito bem o que é mordomia cristã e isso é muito diferente. A mordomia cristã significa fazer as coisas para Deus e sua obra por amor, exclusivamente por amor à obra e não ao dinheiro. Os lobos em pele de cordeiro fazem por amor ao dinheiro ou reconhecimento humano. Não posso transformar a igreja em uma empresa com cargos e salários, não posso cobrar de meus "funcionários", quer dizer meus irmãos em Jesus Cristo. Não posso organizar a direção dos cultos previamente, como algumas denominações e religiões, nem tampouco ensaiar um culto passo-a-passo e nem também "mecanizar" orações, louvores e demais procedimentos litúrgicos com o propósito de que as pessoas ao término digam que gostarma muito e voltarão depois, afinal foi tudo muito bem organizado! Antes que me censurem sei que deve ser com "ordem e decência", mas não deve ser com orientação de homens, o culto é para Deus e que: dele e por Ele e para Ele são todas as coisas ( para Deus). Cabe ressaltar que estes estão enganado muitos e, pasmem, estão trasnformando ovelhas em lobos afinal disseminam sua conduta como certa e que tudo o que aprendemos e usamos ao longo dos anos para propagar o evangelho não funciona mais está ultrapassado. Deus tenha misericórdia destes e os converta e você abra os olhos e não se deixe contaminar em nome de Jesus Cristo. Que o amor de Deus que excede todo o nosso entendimento seja derramado sobre a sua vida e de sua família em nome de Jesus Cristo. Amém!