Data

A paz do Senhor Jesus Cristo. Hoje é

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

CHAMADOS PARA A OBRA

“Mas esforçai-vos, e não desfaleçam as vossas mãos, porque a vossa obra tem uma recompensa.”
II Crônicas 15 v.7


Todos fomos chamados para fazermos a obra do Senhor e com amor, sem temor, firmes, constantes; não de qualquer maneira, afinal há um risco enorme em fazer a obra de qualquer maneira (Maldito aquele que fizer a obra do SENHOR fraudulentamente! E maldito aquele que preserva a sua espada do sangue! Jeremias 48 v. 10).
Muitas vezes as lutas, as circunstâncias, os problemas, os dilemas, a saúde... e tantas outras “desculpas” tem cada vez mais afastados os servos da obra do Senhor (Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Romanos 8 v.35). Grandes homens e mulheres citados na Bíblia Sagrada sofreram muito, mas sempre venceram. Pois Jesus não nos chamou para ficarmos sentados nos bancos esperando Jesus vir buscar a Igreja, chamou para sofrer pela obra (E qualquer que não levar a sua cruz e não vier após mim não pode ser meu discípulo. Lucas 14 v. 27), vamos analisar o versículo: “Qualquer” = qualquer um, não só o Ministério, os cantores, os pregadores, as irmãs de oração, os professores da EBD. “que NÃO levar a sua cruz “ = esta cruz representa sofrimento e temos que levar em nossa caminhada (deixemos de lado os apelos neo-pentecostais: PARE DE SOFRER!) afinal escolhemos seguir o caminho que nos foi proposto. Não é sofrimento continuo é passageiro (Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente. II Coríntios 4 v. 17). “ e não vier após mim” = seguir ao Senhor, este “vier após mim” significa andar atrás dele, esta expressão representa seguir como imitador, ser como Ele, afinal Paulo já orientou sobre isso (Sede meus imitadores, como também eu, de Cristo. I Coríntios 11 v.1). “não pode ser meu discípulo” = não pode e não vai ser mesmo,não adianta tentar enganar ao Senhor, pode-se enganar os irmãos, as irmãs e até mesmo o Pastor, mas a Deus não se engana (Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me e conhece os meus pensamentos. Salmos 139 v. 23).
Muitas tem sido as desculpas e muito tem sido usada a frase: “DEUS SABE TODAS AS COISAS!”. Realmente Ele sabe todas as coisas, mas eis a pergunta: Que coisas tem embaraçado e impedido você de fazer a obra? Nós só temos uma vida para servir a Deus e muitos ainda dizem: Eu sirvo a deus na igreja tal! Serve nada se você chegar lá, vai encontrar, se encontrar, ele sentado no banco e se você perguntar: qual sua função aqui na casa do Senhor? Ele vai responder: Provador de banco! Infelizmente outros nem estão na igreja pois em algum momento as desculpas foram tantas que conseguiram tirá-lo da presença de Deus e de fazer a obra do Senhor conseqüentemente.
Você pode dizer: Quem sabe o que eu passo sou Eu! Quero te lembrar que Deus sabe da sua vida também e como sabe! E você passa o que passa por permissão de Deus, o que Deus permite isso? Claro aflições existem e sempre existirão, mas como falamos antes são passageiras (Muitas são as aflições do justo, mas o SENHOR o livra de todas. Salmos 34 v.19) (Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não {são} para comparar com a glória que em nós há de ser revelada. Romanos 8 v. 18) O que acontece é que estamos esquecendo que fomos chamados para fazer a obra e que a obra tem que ser feita e será feita se não for por você, por mim, quem fará aquilo que Deus entregou em nossas mãos?
No mundo as pessoas fazem e acontecem, mas quando vem para a casa do Senhor, misericórdia se eram ativos se tornam lentos, se eram alegres se tornam tristes e angustiados, se tinham talentos os escondem. Ah! tudo se fez novo, calma, muita calma não é assim, somos agora novas criaturas sim, nosso talento é precioso para a obra e Deus quer usar este talento.
Se você não tinha nenhum talento, Deus te capacita você, é só pedir,mas pedir com fé. E quando Ele lhe conceder a sua petição, trabalhe na obra com afinco, não espere recompensa de homens (Ora, àquele que faz qualquer obra, não lhe é imputado o galardão segundo a graça, mas segundo a dívida. Romanos 4 v. 4) Deus capacita e recompensa os seus em todo o tempo, afinal estamos guardando um bom depósito (Guarda o bom depósito pelo Espírito Santo que habita em nós. II Timóteo 1 v. 14). Quero lembrar que Deus não precisa de você, mas se importa em que você o siga e faça a sua obra com amor e dedicação. Um famoso pregador e conferencista, conta em seu testemunho que uma noite estava para pregar em um grande estádio e perguntou ao organizador: Quantas pessoas tem hoje? No que o homem respondeu: 100 mil aqui dentro e mais ou menos 50 mil lá fora! E Ele só pensou: É Deus precisa de mim!, naquele instante ouviu uma voz inconfundível dizer: Hoje começa a definhar teu Ministério, pois tu precisas de mim, sou teu Senhor!
Não se glorie por fazer a obra (Aquele, porém, que se gloria, glorie-se no Senhor. II Coríntios 10 v. 17), glorie-se pela oportunidade que Deus tem lhe dado de fazer a obra, lembre-se que outrora eras cego, pobre e nu, que fostes tirado de uma lamaçal de pecado e que hoje és chamado filho de Deus. Tudo o que fazemos na obra do Senhor é precioso: pode ser material: limpar o templo, recolher o lixo, ornamentar a igreja, pintura de grades, enfim tudo o que você fizer na casa do Senhor é obra. Ou obra espiritual também: participar dos cultos (não escolha quais ir), nas orações, nas visitas, nos grupos de louvor, na EBD, no evangelismo, nos cultos nos lares e nos pontos de pregação.
Fomos chamados verdadeiramente para a obra, com paciência de esperar a recompensa que vem de Deus (Tenha, porém, a paciência a sua obra perfeita, para que sejais perfeitos e completos, sem faltar em coisa alguma. Tiago 1 v. 4)e seremos como diz o salmista: “Que darei eu ao SENHOR por todos os benefícios que me tem feito?” Salmos 116 v.12. O Senhor Jesus disse: “A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou e realizar a sua obra.” João 4 v.34. quando falava de salvação àquela mulher samaritana dando-nos exemplo.
Aqueles que ainda não fazem a obra, comecem; aqueles que fizeram e hoje não fazem mais, recomecem; e aqueles que estão fazendo continuem em nome de Jesus!




Pb. Marcelo Miranda Cavalcanti
20/08/2010