Data

A paz do Senhor Jesus Cristo. Hoje é

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Somos servos de quem?

"Não sabeis vós que a quem vos apresentardes por servos para lhe obedecer, sois servos daquele a quem obedeceis, ou do pecado para a morte, ou da obediência para a justiça?" Romanos 6 v.16


A cada novo dia temos mais notícias de violência, de abandono, de crueldade não só no Brasil, mas também no mundo. Se pensarmos e observarmos com um pouco de raciocínio lógico, veremos que a pergunta de Paulo responde às nossas: O que está acontecendo com a humanidade?
É verdade que existem hoje em dia muitas portas abertas, com o nome de igrejas, vejam bem eu disse: com o nome de "igrejas", mas que não são, como assim não são?  A palavra igreja  provém do grego ekklesia (chamado para fora). Entende-se por igreja a totalidade dos salvos em Jesus Cristo, aqueles que estão compromissados com a obra do Senhor, dos separados por aceitarem Jesus Cristo como Senhor e Salvador de suas vidas (aqueles que tem compromisso, os servos de Deus). A igreja é aqui na terra o corpo de Cristo. Neste sentido ela  é chamada de  igreja invisível, a que tem vida interior, espiritual. Jesus Cristo é a cabeça desse corpo. Dá-se o nome de Igreja Local ao grupo de pessoas ­ chamadas de membros - unidas na mesma fé em  Jesus Cristo , que se reúnem regularmente em determinado lugar, sob a coordenação e direção de um líder espiritual. Neste caso, chama-se igreja visível, ou seja, a igreja institucional, organizada, formal, terrena.  Nestas muitas portas (igrejas visíveis) vemos que muitos estão ali apenas por estar e infelizmente continuam servido ao mundo, ou seja, tem dois senhores. Se sou servo de Jesus Cristo, não posso ser também servo do mundo, ninguém pode servir a dois senhores, não sou eu que estou dizendo isso, mas o próprio Senhor Jesus Cristo disse ( Mateus 6 v.24). Ainda sei que não posso amar o mundo, nem o que no mundo há ("Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele." 1 João 2 v.15 ) João afirmou que não posso amar a Deus e amar ao mundo ao mesmo tempo. O que tem acontecido hoje em dia é que o homem (a humanidade) tem amado mais ao mundo do que a Deus, tem se afastado de Deus e se aconchegando nos braços do mundo e isso tem uma consequência, tem um resultado (Tiago 4 v.8) se nos aproximamos de Deus nos afastamos do mundo e vice-versa. Certa vez, quando o povo se sentiu atraído pelo mundo ao seu redor, e olha que não tinham muitos atrativos e muita coisa tentadora como temos hoje, Josué foi enfático: "Porém, se vos parece mal aos vossos olhos servir ao SENHOR, escolhei hoje a quem sirvais; se aos deuses a quem serviram vossos pais, que estavam além do rio, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; porém eu e a minha casa serviremos ao SENHOR." Josué 24 v.15. Já naquele tempo tinham opção de escolha de senhorio, hoje não é diferente. A Bíblia conta através do livro de Juízes (só para exemplificar) que o relacionamento homem com Deus sempre foi de sofrimento e muita dor quando se afastava do Senhor, quando não fazia sua vontade, quando fazia o que era mau ao olhos do Senhor. Então Deus, pela sua misericórdia, levantava um juiz e o povo era liberto ou salvo dependendo da situação. Em 1 Reis temos uma situação parecida com a de Josué quando o profeta Elias  pergunta ao povo, que como muitos hoje em dia, balançavam entre Deus e o "deus" Baal:  "Então Elias se chegou a todo o povo, e disse: Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o SENHOR é Deus, segui-o, e se Baal, segui-o. Porém o povo nada lhe respondeu." (1 Reis 18 v.21). Calma que não trago apenas más notícias. Se nós nos mantivermos na posição que Deus nos chamou, se formos fiéis a Ele, ou seja, se formos servos de Deus, do todo-poderoso Deus, do maravilhoso Deus. Seremos recompensados segundo a sua justiça e gozaremos a vida eterna com Cristo Jesus (Romanos 6 v.23). Que o amor de Deus que excede todo o nosso entendimento seja derramado sobre sua vida e sua família em nome de Jesus Cristo. Amém!