Data

A paz do Senhor Jesus Cristo. Hoje é

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Dúvida gerando medo.

“E logo Jesus, estendendo a mão, segurou-o, e disse-lhe: Homem de pouca fé, por que duvidaste? “
Mateus 14 v.31

Quantas vezes você se viu em situações em que as circusntâncias eram completamente desfavoráveis e aparentemente impossíveis de serem mudadas?  Por esses fatores você desistiu e se deu por derrotado, pois não via ou encontarava alguma solução, não aos seus olhos, mesmo sabendo que Deus é com você (Romanos 8 v.31) e que não deve temer nada  ainda mais se lhe foi garantida a vitória e se o próprio Deus lhe chamou para caminhar rumo à vitória. Mas como Pedro você em dado momento o vento forte bate em você e você  tem medo ( Mateus 14 v.30) do que está acontecendo e começa a duvidar se Deus está mesmo com você e se vai continuar ao seu lado mesmo sabendo que Jesus Cristo disse que estaria ao nosso lado até a consumação dos séculos (Mateus 28 v.20). Você duvidou!Você teve medo!
O medo é uma sensação que proporciona um estado de alerta demonstrado pelo receio de fazer alguma coisa, geralmente por se sentir ameaçado, tanto fisicamente como psicologicamente. Pavor é a ênfase do medo e acreditem muitos não são apenas atingidos pelo medo, mas também ficam apavorados.O medo é provocado pelas reações físicas sendo iniciado com uma descarga de adrenalina no nosso corpo causando aceleração cardíaca e tremores. Pode provocar atenção exagerada a tudo que ocorre ao redor, depressão, pânico, congelamento, etc. Medo é uma reação obtida a partir do contato com algum estímulo físico ou mental (interpretação, imaginação, crença) que gera uma resposta de alerta no organismo. Esta reação inicial dispara uma resposta fisiológica no organismo que libera os hormônios do estresse (adrenalina, cortisol) preparando o indivíduo para lutar, desistir ou fugir. Pedro inicialmente não teve medo do mar e quando foi
chamado por Jesus Cristo começou a andar sobre as águas. Muitos até começam a caminhada rumo à vitória como Pedro fez, porém assim como ele quando o vento foi sentido mais forte veio o medo e com o medo ele começou a afundar afinal agora sua certeza era dúvida será que Jesus Cristo que agora está andando sobre as águas será capaz de me salvar e Pedro clamou: Senhor, salva-me! Jesus Cristo o salvou porém disse-lhe: Homem de pouca fé, por que duvidastes? Observe que Jesus Cristo não perguntou a Pedro: Por que tivestes medo?  A dúvida de Pedro gerou o medo. Tiago diz que se pedirmos algo a Deus duvidando afinal o que duvida é semelhante à onda do mar (Tiago 1 v.6) que é levada pelo vento e lançada de uma para outra parte, assim o cristão vai da fé em Deus até o medo em questão de segundos. A dúvida não só gera o medo, como destrói a fé que é crer no invisível, no inexistente, no impossível  (Hebreus 11 v.1). Não deixe que a dúvida seja o instrumento, ou melhor, o impecilho à sua vitória. Se Jesus Cristo lhe chamou para caminhar com ele sobre o mar vá e ande tranquilo na certeza de que com ele você irá longe, seja na água, na pedra, no gelo, no fogo, no vento onde quer que for. Que o amor de Deus que escede todo o nosso entendimento seja derramado sobre a sua vida e de sua família em nome de Jesus Cristo.Amém!
E logo Jesus, estendendo a mão, segurou-o, e disse-lhe: Homem de pouca fé, por que duvidaste?
Mateus 14:31