Data

A paz do Senhor Jesus Cristo. Hoje é

terça-feira, 4 de setembro de 2012

O poder do toque em Jesus Cristo

"Porque dizia: Se tão-somente tocar nas suas vestes, sararei." Marcos 5 v.28

Muito se tem falado e cobrado hoje em dia a respeito da frequência aos cultos, do estar na igreja. Sempre utilizo em minhas mensagens a este respeito uma frase que eu ouvia muito quando era ainda adolescente:  o Senhor Deus coloca um anjo na porta da igreja anotando quem veio ao culto e quem faltou. Imagino a cena do anjo com uma prancheta com o nome de todos os membros e conferindo: irmão João presente, irmão Paulo presente, irmão José presente, irmão Carlos faltou, pela segunda vez este mês, Senhor tenha misericórdia do irmão Carlos. Tal fato acaba provocando um novo propósito para irmos à igreja: para estarmos lá, para sermos vistos lá pelos homens, pelas mulheres e principalmente pelo Pastor. Claro que deturpa e acabará ofuscando o propósito principal que é agradecermos a Deus por ter-nos salvado, ter dado se único filho para morrer por nós na cruz do Calvário. Quero deixar claro que sou contra as faltas e ausências sem motivos aos cultos e não oriento nínguem a escolher dias para ir à igreja. Minha intenção aqui é mostrar que não adianta ir para a igreja como um crente girrafa, o corpo está ali na igreja, mas a cabeça está bem longe lá fora.
O texto acima faz parte da passagem conhecida como "a mulher que tinha um fluxo de sangue", ao analisarmos a passagem veremos que haviam, como sempre, muitos ao redor de Jesus Cristo e estes o apertavam, espremiam. Entretanto aquela mulher que já sofria daquele mal há 12 anos vi a oportunidade de cura passar por ela e aproveitou. Quantos de nós estamos padecendo e não por pouco tempo, mas sim às vezes anos e anos se alongam de sofrimento e quando Jesus Cristo está perto não percebemos que Ele é quem cura, é Ele quem restaura a saúde, é Ele quem transforma. Aquela mulher podia olhar para a multidão e dizer: não vou não, como vou chegar até Ele? Porém ela não olhou para as circunstâncias, nem para os obstáculos, olhou foi para Jesus Cristo! Existem barreiras, muralhas, abismos, poços, penhascos, montanhas, multidões que te (aparentemente) impedem de chegar aos Senhor Jesus Cristo? São provações, tentações, lutas e aflições? Nada disso poderá te impedir de tocar no Senhor Jesus Cristo. Afinal Ele mesmo disse que teríamos aflições, mas também que teríamos de ter bom ânimo pois Ele venceu o mundo (João 16 v.33). Precisamos entender que ela já saiu do seu lugar crendo que receberia a cura, ela conhecia Jesus Cristo afinal era aquele que dava vista aos cegos, fazia os coxos andarem e muitas outras curas. Ela demonstrou fé! Ela saiu do lugar com fé! Afinal sem fé é impossível agradar a Deus (Hebreus 11 v.6). Você tem buscado algo da parte de Deus? Tem buscado com fé?
O próximo movimento daquela mulher foi tocar em Jesus Cristo, imaginem quantos outros "necessitados" estavam naquela multidão quantos não precisavam de cura? Agora volto ao início deste texto quando escrevi sobre o "estar na igreja". aquelas pessoas sabiam quem era Jesus Cristo, estavam com Jesus Cristo, posso dizer que acompanhavam Jesus Cristo, precisavam dele, porém estavam apenas "perto" dele, assim como muitos nas igrejas atualmente. Recebem bençãos sim, pela misericórdia do Senhor; são curados sim, pela misericórida do Senhor! Quando ela tocou na orla das vestes de Jesus Cristo, instantaneamente ela ficou curada, logo secou a fonte de sangue. Aquilo que ela creu que aconteceria aconteceu porque ela creu.
E de Jesus Cristo saiu virtude, saiu cura, saiu poder. Esta é a diferença: estar perto não adianta temos que tocar. Quando Jesus Cristo pergunta: quem me tocou, era como se sua pergunta fosse: Quem teve tamanha fé? Os seus díscipulos não sabiam porque ele fazia tal pergunta, afinal havia uma multidão o apertando. A multidão não era impecilho pra que Jesus Cristo não curasse, a multidão era obstáculo para ela, a multidão de aflições, de lutas, de problemas são obstáculos para você. Que cruzemos por esta multidão e toquemos verdadeiramente em Jesus Cristo para ouvir dele: "A tua fé te salvou, vá em paz."
Que a graça de Deus que excede todo o nosso entendimento seja derramado sobre você e sua família em nome de Jesus Cristo.Amém!