Data

A paz do Senhor Jesus Cristo. Hoje é

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

O trigo e o joio hoje


“Propôs-lhes outra parábola, dizendo: O reino dos céus é semelhante ao homem que semeia a boa semente no seu campo; Mas, dormindo os homens, veio o seu inimigo, e semeou joio no meio do trigo, e retirou-se. E, quando a erva cresceu e frutificou, apareceu também o joio. E os servos do pai de família, indo ter com ele, disseram-lhe: Senhor, não semeaste tu, no teu campo, boa semente? Por que tem, então, joio?
E ele lhes disse: Um inimigo é quem fez isso. E os servos lhe disseram: Queres pois que vamos arrancá-lo? Ele, porém, lhes disse: Não; para que, ao colher o joio, não arranqueis também o trigo com ele. Deixai crescer ambos juntos até à ceifa; e, por ocasião da ceifa, direi aos ceifeiros: Colhei primeiro o joio, e atai-o em molhos para o queimar; mas, o trigo, ajuntai-o no meu celeiro.”

Mateus 13 vv. 24-30

Talvez uma das parábolas mais comentadas, mais usados em sermões, mais impactantes é sem dúvida alguma a do Trigo e do Joio. Vou caminhar na direção do hoje com ela e espero me fazer entender com este texto. O próprio Senhor Jesus Cristo explica que o campo é o mundo, a boa semente, ou seja, o trigo são os filhos de Deus e o joio são os filhos do maligno(Mateus 13 v.38), o inimigo que semeou é o diabo, a ceifa é o fim do mundo e os ceifeiros são os anjos (Mateus 13 v.39).

 

Até este ponto podemos entender que no campo, ou seja, no mundo existirão sempre o trigo (os filhos de Deus, fruto da boa semente) e o joio (os filhos do maligno), cresci ouvindo que o trigo e o joio cresceriam dentro da igreja e e me perguntava sempre porque causa, razão ou motivo não se falava o que estava escrito na palavra, afinal de contas o próprio Senhor Jesus Cristo explico. Então lembrei algo importante a igreja não está em outro mundo, esta aqui, está neste mesmo campo; é bem verdade somos estrangeiros nesta terra e concidadãos do céu (Efésios 2 v.19) , entretanto estamos aqui. Pronto defini que posso considerar o crescimento paralelo do trigo e do joio também na casa de Deus (na igreja onde congrego, onde você congrega). Ao ler a parábola vemos que o inimigo semeia uma planta que é muito parecida com o trigo; são plantas tão parecidas que o dono do campo diz aos empregados para deixarem crescer juntas e serem colhidas juntas. Minha conclusão sobre este crescimento paralelo é de que não posso identificar quem é trigo e quem é joio, posso sim me confundir e ao tentar arrancar o joio, arrancar o trigo também. Opa! não posso distinguir o trigo do joio pelos seus frutos? Infelizmente para alguns a resposta é não, não posso distinguir pelos frutos afinal estes só serão vistos ao final, na hora da colheita. Meu Pastor sabe distinguir, meu líder conhece joio! Entendo a preocupação de pastores e líderes, mas não vejo recomendação bíblica de "colher" o joio agora. Vejo sim que o trigo vai crescer forte e robusto para ser colhido na hora certa sem ser abalado pelo joio. Não devo sair à caça dos joios e desta maneira fazer muitos e muitos julgamentos, julgamentos estes que não cabem a nós fazermos. A verdade é que hoje em dia todo igreja tem trigo e tem joio, isso é bíblico acontece e vai acontecer até quando chegar o dia da colheita. Não podemos pensar que a igreja é um lugar de santos, santíssimos, fiéis seguidores da palavra, homens e mulheres movidas pelo temor de Deus, aptos a fazerem a sua vontade. A igreja é lugar de pessoas comuns que almejam a salvação por Cristo Jesus e estão em continua batalha do Espírito contra a carne e que são em sua maioria oriundos do mundo. Um Pastor pode ser joio? sim pode. Quem conhece o coração do homem é Deus.Peça a Deus para ser trigo, vigie para não ser joio. Afinal hoje em dia está cada vez mais difícil distinguir e separar. Lembre-se que o joio será jogado no fogo. Que o amor de Deus que excede todo o nosso entendimento seja derramado sobre a sua vida e de sua fam´lia em nome de Jesus Cristo. Amém!

Propôs-lhes outra parábola, dizendo: O reino dos céus é semelhante ao homem que semeia a boa semente no seu campo;

Mas, dormindo os homens, veio o seu inimigo, e semeou joio no meio do trigo, e retirou-se.

E, quando a erva cresceu e frutificou, apareceu também o joio.

E os servos do pai de família, indo ter com ele, disseram-lhe: Senhor, não semeaste tu, no teu campo, boa semente? Por que tem, então, joio?

E ele lhes disse: Um inimigo é quem fez isso. E os servos lhe disseram: Queres pois que vamos arrancá-lo?

Ele, porém, lhes disse: Não; para que, ao colher o joio, não arranqueis também o trigo com ele.

Deixai crescer ambos juntos até à ceifa; e, por ocasião da ceifa, direi aos ceifeiros: Colhei primeiro o joio, e atai-o em molhos para o queimar; mas, o trigo, ajuntai-o no meu celeiro.
Mateus 13:24-30