Data

A paz do Senhor Jesus Cristo. Hoje é

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Derrubando os altares.

"Por isso naquele dia lhe chamaram Jerubaal, dizendo: Baal contenda contra ele, pois derrubou o seu altar" Juízes 6 v.32

 Embora muito se pregue sobre Gideão por causa do episódio dos trezentos homens (Juízes 7), existe muito mais sobre este juiz que nós vamos ver agora. O que acontecia no cenário era que, mais uma vez, Israel estava sofrendo um período de escravidão (não eram escravos no sentido literal) por sua desobediência a Deus e tudo o que plantavam e criavam anualmenlte era saqueado pelos midianitas e amalequitas (Juízes 6) e isso já durava longos 7 anos. Iamgine você arar a terra, semear, cuidar e depois lhe roubarem tudo não deixando mantimento algum para você? Imaginou? Era assim a situação que enfrentava Israel naquele momento. Porém Deus por sua infinita misericórdia decidiu dar um basta naquele sofrimento e enviou um anjo para falar com Gideão e convocá-lo para liderar o povo. Gideão estava trabalhando escondido dos olhos dos inimigos a fim de ter o que comer em caso de novo ataque, afinal de contas ele sabia o que estava por vir, ele já estava acostumado com aquela situação. Entendo que muitos dos leitores hoje estão em situação parecida com a de Israel e de Gideão em particular, pois fazem tudo com receio, com medo da derrota que parece ser certa. Fogem da peleja e tem se contentado em apenas sobreviver, mesmo que seja com muito pouco, não se importam mais se o inimigo leva a maioria de suas reservas. Vamos entender como Deus orientou Gideão a respeito do que fazer:
1º Deus mostrou a Gideão que ele com o Senhor era capaz de vencer (Juízes 6 v.14);
O homem sem Deus não é nada, quando pedimos algo a Deus e fazemos por nossa própria conta, estamos colocando o Senhor em último plano. Sozinhos nada podemos fazer, mas com Ele o negócio é diferente a vitória é certa.
2º Derrubar os altares a outros deuses (Juízes 6 v.25);
 O homem é idólatra e às vezes nem sabe disso. Como assim? Você pode não ter em seu lar imagens, esculturas, mas existem altares em seu coração na sua vida que devem ser derrubados. São muitos estes altares, porém vou falar apenas de 3 (três) mais comuns:
a) Enfermidades: É bem verdade que nosso corpo se deteriora com o passar dos anos, nossa alimentação nem sempre é a mais correta, nem todos podem praticar algum tipo de atividade física, ou seja, todos nós estamos sujeitos à alguma enfermidade em algum tempo. Contudo o altar da enfermidade se apresenta na vida do crente que "vive doente" e mais que tem "as suas próprias doenças". Você já ouviu estas expressões: Minha dor de coluna, minha dor de estômago, minha dor nas pernas, minha dor de cabeça. Ou ainda ouviu pessoas dizendo com orgulho: já fiz vários exames de sangue, de urina, raio-x, ressonância magnética, Tomogarfia Computadorizada  e muitos outros. Como se a enfermidade nascesse com ele. Se torma auto-piedosos e muito carentes de atenção cultivam este estado, ou seja, mantêm a enfermidade em um altar.
b) Dinheiro: Mexa em qualquer parte do corpo do irmão, mas não toque no seu bolso! Quantos irmãos que nos dias após o pagamento estão felizes com sorisso de orelha à orelha, contentes com tudo, acham graça de tudo, tratam a família e os amigos com a maior dedicação. Mas, quando o dinheiro acaba ou ainda fica curto ele se transforma: briga em casa, discute no trabalho, na igreja é um problema sério, vira uma verdadeira pilha de nervos ambulante. Bota a culpa da escassez financeira na família, retém os dízimos e ofertas (se ele colaborar vaia faltar, no pensamento dele). Tudo isso pois não tem Deus no coração, ainda não aprendeu a entregar sua vida finaceira nas mãos do Senhor, tem um altar ao dinheiro em seu coração.
c) Eu: O altar do "EU" também conhecido como altar do "Superherói" se identifica naqueles que dizem: EU vou fazer, EU sou mais eu, EU posso, EU aconteço, Deixa comigo pois EU resolvo. São aquelas pessoas que não deixam Deus tomar a direção de suas vidas, gostam muito de falar que são guiados por Deus, contudo deixam sempre Deus em último lugar. Não deixam Deus ter o devido lugar, afinal em seus corações existe um altar para o seu próprio "EU". Entendo que a determinação de Jesus Cristo foi de negar-mos a nós mesmos (Lucas 9 v.23).
3º Deus ordenou a Gideão que edificasse um altar no cume daquele lugar (Juízes 6 v.26);
Tem um altar para Deus em sua vida, não um altar escondido daqueles que só aparecem quando você está na igreja, mas um altar lindo e bem vísivel a todos, Deus tem tido um destaque escpecial em sua vida?
 Depois que isso foi feito então Gideão começou a ser chamado de Jerubaal, pois derrubou o altar de Baal e só então começou a empreitada vitoriosa sobre os inimigos de Israel. O que você está esperando? Agora mesmo peça a Deus que lhe mostre quais altares você tem (isso é essencial afinal como eu disse antes nem sempre sabemos que temos altares) e os derrube com a ajuda do Senhor.
Que o amor de Deus que excede todo o nosso entendimento seja derramdo sobre a sua vida e de sua família em nome de Jesus Cristo. Amém!